domingo, 21 de fevereiro de 2010

Militância Gay - Dourado: A Imagem da Homofobia

"Atualmente a maior incidência de AIDS encontra-se em mulheres casadas e homens heterossexuais acima de 50 anos de idade" - Fonte: Aids.gov.br

Durante o carnaval, peguei-me discutindo com minha familia sobre o Big Brother Brasil 10. No carro estavam minha mãe, irmã e cunhado - os quais torciam para o Marcelo Dourado - Eu, torcendo para a Elenita e meu sobrinho, neutro, pois só tem dois anos de idade. O argumento deles foi como todos os outros: um ogro que foi rejeitado no início e que aprendeu a conviver com a diversidade, obviamente, de modo controlado, visto que não aceita brincadeiras de cunho homo-afetivo-sexual. Seu comportamento rústico deve-se a um mecanismo de defesa por sentir-se acuado frente as retaliações dos colegas de confinamento. Ok, argumentações plausíveis e, eu mesmo, senti-me sensibilizado com o choro que provocou a ascensão do Dourado. Porém, temos que entender que, assim como a suástica, o símbolo tem grande poder.

O BBB intitulou-se o BBB da diversidade. Querendo ou não, este tornou-se o principal conflito indireto televisivo: O da homo-afetividade-sexual. Temos como representantes, uma lésbica sensual, uma DragQueen e um pós-adolescente efeminado. Até o momento, não criaram alianças de força, talvez até devendo-se ao fato de que "Todo homossexual tem um anti-homossexual dentro de si", como afirmava-se Proust. Ou até mesmo por não se verem como a chance de uma Militância Homossexual. Intitulados como "Coloridos" o programa pecou nos rótulos. Nós já pertencemos ao Movimento GLBTTTI (Pois é, descobri este "I" hoje). Somos gays, lésbicas, Bissexuais, Transsexuais, Travestis, Trangêneros e Inter-sexo. A prova de que é impossível a rotulação de qualquer ação ou grupo afetivo-sexual que seja. Somos todos diferentes.

O nazismo utilizou como simbolo a suástica. A suástica possui mais de 2000 anos e tem como principal significado a ligação com o místico e espiritualidade. Ou seja, visto a consequencia da segunda guerra mundial, a Suástica acabou ganhando a conotação de Nazismo, mesmo não sendo-o inicialmente. A mesma coisa acontece com Marcelo Dourado. O mesmo transformou-se em simbolo da homofobia para uns e imagem de constatação de heterossexualidade a outros. Por isso ele tornou-se o favorito ao prêmio. Ele é o porta-voz da ordem heterossexual frente a uma casa de preferência homo-afetiva. Um heroi da resistência e um anti-herói do público, que construiu a imagem de Chucro Rejeitado. Muitos defendem que ele tambem sofreu "Heterofobia". Este termos chega a ser débil, visto que vivemos em um mundo heterocentrado e não existe um ambiente hostil à heteroafetividade.

Dourado já afirmou que "Hetero não pega AIDS. Se pegou, é por que foi bissexual em algum momento de sua vida". Disse que não gostava de ser comparado com um Homossexual da mesma forma que sentiria-se ao ser chamado de "neonazista, ladrão ou bailarino", colocando-nos no mesmo patamar. Sentiu-se enjoado e jogou comida fora ao presenciar o papo de um beijo gay e, mesmo afirmando que bater em mulher é covardia, disse que espancaria a Morango e quebraria os seus dedos se não estivesse no programa. ou até mesmo que bateria em uma mulher se a mesma desse em cima de sua namorada. Ué, mas a sexualidade não muda o fato de ela ser uma mulher. Chamou a Morango de X-9, sendo que ele agiu da mesma forma quando foi "Expulso" da reunião de cúpula do puxadinho. "Levou e trouxe". É a favor da Maroca, o maior exemplo de fofoca, mas não da Morando, já que a mesma não é de seu 'time'. Dourado não é mais aquele menino do BBB4 que jogou abertamente e saiu no primeiro paredão. É o amargurado, fracassado que sabe exatamente como jogar nessa sua segunda chance. Estudou os adversários pela internet e sabe como o público reage a determinadas situações.

Dourado tornou-se um arquétipo. No Twitter temos a tag #ForaDourado, criada pela comunidade "Homofobia - Ja Era" de criação de uma participante da mesma edição, Elenita Rodrigues. Sou gay e faço parte de um movimento, de uma luta. Estamos construindo Lugares e saindo dos Guetos. Temos A Rua Augusta, A Paulista, O Elton Jonh, a Madonna, A Lady Gaga, Oscar Wilde, ALôca, The L Word, Queer As Folk. Tem como ser gay e continuar nos padrões heteronormativos, mas não tem como ser gay e não participar desta Subcutura colorida. Dourado mostra-se incomodado com esta subcultura e suas referências, e só um verdadeiro IDIOTA para não perceber isso. Ou limitar-se ao seu discurso "Chucro Rejeitado". O problema não é ele, mas a imagem que ele construiu à seus torcedores. No dia 19/02, uma travesti foi espancada em Pernambuco por quatro adolescente que diziam-se da "Mafia Dourada". Não é brincadeira!

A blogueira Mary W. postou, certa vez, que a cada conquista, recebemos uma reação conservadora. Entrar no BBB foi uma conquista, vindo a reação. Então que venha, pois esta não será a primeira e nem a ultima. Estamos em uma rua sem saída pois o Dourado é o principal foco de audiência atual do BBB. Tanto pelos seus torcedores retardados (Sim!) quanto pelos militantes anti-homofobia. Ele não sairá tão cedo. Até por que, os gays ainda são um grupo desunido. Os evangéloucos fanáticos unem-se para vetar a PLC122/2006. Nós, para pularmos feito pipocas na Avenida Paulista.

Querendo ou não, o BBB10 é uma forma de militância gay acessível e, de certa forma, conscientizadora. Por ora, teremos que ir votando no Globo.com. Mas eu, como homoafetivo assumido, não tenho medo. Gritem e vetem o PLC122 a vontade.
Nós somos Gays, estamos aqui e acostumem-se com isso!


Por Cláudio_DeLarge

4 comentários:

Wi disse...

Não posso palpitar com muito embasamento sobre as atitudes do Dourado, mas essa reação do público só mostra o quanto o povo brasileiro é hipócrita.
As pessoas se dizem muito compreensivas, alegando aceitar as diferenças. Mas isso é só uma grande farsa ainda, infelizmente.

Celso Andrade disse...

Vim dizer que simplesmente Adorei o Blog, ímpar nas postagens ...

Quanto ao Dourado, ele pode até ficar por causa dos brasibobocas, ms não ganha um centavo do prêmo!

Ah! adorei a postagem que voc~e fala sobre reconquistar se Ex, foi incrível a maneira como terminou com suas duas metas, temos muita coisa em comum, meus muitpissimos votos de felicidade.

Abraço

Celso

Natália disse...

Sinceramente pelo que assisti, não gostei da participação dos 'coloridos'.Aliás, lá ninguém se salva.Sabemos perfeitamente que foi uma grande jogada de marketing da Globo realizar esse 'BBB da diversidade'.E que pela enorme audiência é notável uma maior discussão sobre o assunto. Porém, assim como a Elenita disse no Faustão " Esse BBB me mostrou que nem todos os gays são legais ". E nisso eu concordo com ela. Ali eu não vejo uma luta ideológica, como você propõe no post. Só vejo pessoas mostrando o que tem de podre no ser humano pra faturar a bolada de 1 milhão e meio de reais.

Anônimo disse...

me desculpe claúdio, mas essa elenita é uma politicamente correta da vida, cheias de preconceito pseudo-intelectual. como grnde parte da nossa classe média. arrogante não sabe discutir um assunto sem impor a força sua opinião, sobre os outros. é tão intolerante qto os homofobicos que combate em sua comunidade!