segunda-feira, 9 de julho de 2012

_lá, cá ou logo ali

Você leva um fora pela primeira vez e se prepara para a fossa...

EXPECTATIVA:
video


REALIDADE:
video


Por que tudo que eu absorvo, quero que reverbere em sorrisos
Visto minha amarela, olho pra janela com um coração em buliços
Inquieto, como um arquiteto, construindo sem uma planta, se quer.
Por que é vivendo sem adivinhar um futuro que aproveita o que vier
Ver o lado bom não é mais escolha, é obrigação. Não se encolha
que o mundo jaz é defunto. Num segundo, dançar para não viver em vão.
Eu estou feliz não-tão-feliz eu estou torto eu não vou esconder
como todos me dizem que devo mostrar-me feliz, para mostrar para você
Para que evidenciar, se a felicidade sempre esteve aqui?
Cá ou lá, para onde você olhar. Doravante mais feliz.
Te encontro logo. Logo antes. Logo ali.

Um comentário:

Fatima disse...

Meu Poeta e Pensador!
Te Amo!