segunda-feira, 4 de maio de 2009

"O Fabuloso Destino de Winnie Affonso"

São Paulo, 26 de Fevereiro de 2001
07h56min


Logo no primeiro dia de aula e eu chego atrasado. Por horas eu conversava com a minha irmã contando os temores que eu sentia pela mudança de escola. Ginásio, pré-adolescentes e educação física eram as coisas que eu mais temia na escola. A ostentação que antes eram de lápis de cor, agora seria de tênis e quantidade de flertes. Medo!
Ao entrar na sala de aula, todos já estavam conversando. Ou eram amigos desde o ano passado ou os mais 'descarados' puxaram conversa. A extroversão era a maior riqueza de um pré-adolescente.
Sentei na primeira carteira da fileira do meio. As mãos transpiravam, o peito esquentava e a respiração oscilava. Medo bobo. Logo no fundo, cinco carteiras depois, estava uma menina meio rechonchuda, cabelos super lisos, cara de desinteresse e de nome esquisito. Apaixonei e pensei "Ela vai ser a minha!".
Semanas passaram-se e, em uma primeira conversa que tivemos, empolguei-me com o Toddynho que tinha na mão e derrubei-o tudo na camiseta escolar branquissima da menina de nome esquisito. Ficamos brigados por muito tempo.
Invenções infantis, delírios juvenis e contradições da adolescência afastaram-me dela e dos meus outros futuros amores. Ficamos brigados por muito tempo. Encontrei outros amores, mas nunca a esqueci.
Uma banda de Rock Insana juntou todos os meus amores. Meu amor, minha Liberdade voltou. Até programa de TV fizemos. Até CD, banda de rock Autista, fizemos
As eventualidades responsabilidades da vida pré-adulta chamavam-nos. E nossos caminhos foram separados, mas não o destino.
A menina meio rechonchuda, cabelos super lisos, cara de desinteresse e de nome esquisito tornou-se uma menina incrivelmente linda, cabelos perfeitos, corpo delineado, olhos expressivos, abundância (rs) de simpatia e inteligência acima da média. Minha Artista, minha amiga, minha irmã e meu amor.

"If the sky that we look upon
Should tumble and fall
Or the mountains should crumble to the sea
I won't cry, I won't cry
No I won't shed a tear
Just as long as you stand, stand by me"


Jonh Lennon - Stand By Me




Um dia tive um discussão com a esta menina sobre a existência do amor. Agora eu sei que, discutir a existência do amor, era discutir a existência da própria Winnie Affonso.
Parabéns. Não pelo seu aniversário, mas por ser assim, você!
Feliz Aniversário. Amo você :)

"Moses supposes his toeses are Roses,
But Moses supposes Erroneously,
Moses he knowses his toeses aren't roses,
As Moses supposes his toeses to be!"
Gene Kelly - Cantando Na Chuva
(Dedicado a menina Liberty, seu pseudonimo do Rock Insano)
Cláudio_DeLarge

3 comentários:

Arthur disse...

Concordo que derrubar Toddynho em alguém não é o melhor jeito de conhecer uma pessoa, hahaha. Mas você definiu essa linda garota tão bem que me deixou sem palavras... Simplesmente, assim, amor. :]

ass: O namorado, haha

Wi disse...

Eu li umas três vezes já. Dei risada, senti saudade (ou nostalgia, como queira), relembrei várias cenas como se estivessem acontecendo aqui na minha frente e fiquei emocionada. Sabe, amigos têm o dom de incentivar e produzir os mais diversos sentimentos em vc, ainda mais quando decidem escrever sobre nós.
Quanta coisa a gente já fez, já viu, já provou, já tentou, já planejou... Não é à toa, afinal desses 19 anos, 8 foram ao seu lado. E com certeza, uma boa parte da "Winnie" que me tornei tem uma influência sua. Sou o que sou porque boa parte estava pré determinado na minha alma, digamos assim. Outra parte veio dos valores passados pela minha família e dos ensinamentos sobre a vida que ela me passou. Mas sabe o que finalizou esse processo? A convivência com pessoas extremamentes "aleatórias" e de personalidades completamente distintas que me mostraram novos modos de viver, novos jeitos de olhar e aproveitar a vida. E vc tem um papel fundamental nesse processo.
:)
Já que não tenho a eternidade, quero mais uns 80 anos do seu lado. Sempre assim, com muito amor.

Beijos, muito beijos.
Obrigada pelo presente LINDO que foi esse post! :D
Te amo!

Natália disse...

Ouhn, lindos! (L)